CTCP Noticias





Sapatilhas da Sanjo estão de volta

O regresso estava prometido e, esta segunda-feira, 23 de setembro, concretizou-se: a histórica marca portuguesa de sapatilhas, nascida em 1933, está de volta.



Lançada em São João da Madeira na década de 1930, nas quatro décadas seguintes a Sanjo tornou-se uma referência no calçado desportivo português. A queda do Estado Novo e a concorrência de marcas desportivas internacionais após a abertura das fronteiras levou a um período turbulento na marca, que passou por diferentes proprietários e a transferir a sua produção para a China. Em 2019, a M2BEWEAR, uma trading company de Braga, traz de volta uma Sanjo inteiramente portuguesa, cuja coleção é produzida numa fábrica de Felgueiras.
 
A coleção que assinala o regresso da marca conta com os emblemáticos modelos K100 e K200 e ainda com novas propostas, como o N00, com gáspea totalmente em camurça, ou o RN10 , desenhado para “quem valoriza um design atual aliado ao conforto de um calçado desportivo”.
Conforme explicou Elisabete Magalhães,  atual designer de comunicação e assessora de comunicação da Sanjo, em entrevista à FashionNetwork.com em agosto, “a Sanjo não voltou apenas - voltou e regressou com vontade de crescer, evoluir e continuar a escrever uma história nos pés dos portugueses”. Para isso, a marca planeia lançar gradualmente novos modelos e coleções e “ir também atualizando e fazendo alterações a modelos antigos, edições limitadas e oportunidades exclusivas.”
 
Nesta nova etapa, avançou ainda a responsável, os objetivos da marca passam por “uma comunicação mais jovem e contemporânea, de maneira a também introduzir o legado da Sanjo a uma faixa etária mais jovem e a uma cultura contemporânea, recuperando as origens e criando continuidade nesta história”.

Desde 23 de setembro, a nova coleção já está disponível na loja online da Sanjo e, segundo a marca, em breve serão anunciados parceiros físicos onde também será possível encontrar os modelos Sanjo. Os preços oscilam entre os 65,50 e os 89,50 euros.
 
Embora, para já, esteja focada no mercado português, a marca já está “a trabalhar no sentido de internacionalização”, com o objetivo de “fazer da Sanjo uma marca não só dos portugueses, mas do mundo”. 


2019-09-26

Fashion Network